Sexta, 28 de Janeiro de 2022 15:33
Cidades Luto

NOTA DE PESAR: ALPB lamenta morte do ex-deputado Simão Almeida

NOTA DE PESAR: ALPB lamenta morte do ex-deputado Simão Almeida

30/12/2021 11h29 Atualizada há 4 semanas
43.217
Por: Gilberto Martins Fonte: tvsabugi
NOTA DE PESAR: ALPB lamenta morte do ex-deputado Simão Almeida

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino, em nome de todos os parlamentares e servidores do Poder Legislativo Paraibano, vem a público lamentar o falecimento do presidente da Junta Comercial do Estado e ex-deputado estadual Simão Almeida, que morreu aos 77 anos, na manhã da última quarta-feira (29), vítima do coronavírus.

O ex-deputado estava internado em um hospital de João Pessoa. Ele havia tomado duas doses da vacina contra a Covid-19 mas, mesmo assim, desenvolveu sintomas da doença, pois tinha problemas respiratórios.

“Neste momento de dor para toda a família nos solidarizamos com os familiares e amigos de Simão Almeida, um grande político do nosso Estado, que deixa grandes lições e um legado de trabalho e luta pelo povo da Paraíba”, ressaltou Adriano Galdino.

Corpo do ex-deputado Simão Almeida será velado na ALPB

O corpo do ex-deputado Simão Almeida foi velado na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) a partir da 0h da quinta-feira (30) ocorrendo até às 10h da amanhã de hoje, no Salão Nobre da Casa de Epitácio Pessoa. Simão Almeida era natural da cidade de Cabaceiras no Agreste Paraibano.

O ex-deputado foi eleito em 1990 pelo PCdoB com 4.538 votos. Era natural da cidade de Cabaceiras e sofreu perseguição e prisão durante a ditadura militar instaurada em março de 1964 pela sua atuação contra o regime. Formado em engenharia elétrica, em fins de 1968, mudou-se para o Recife, onde, em fevereiro de 1969, teve a sua casa invadida pela polícia. Passou, então, a viver na clandestinidade, até a promulgação da lei de anistia.

Fonte: ALPB