Segunda, 16 de Maio de 2022 15:36
Polícia Ajuda da Polícia

Mulher de Igaracy faz apelo a Polícia para não ser mais espancada pelo ex-companheiro

Mulher de Igaracy faz apelo a Polícia para não ser mais espancada pelo ex-companheiro

14/05/2022 18h49 Atualizada há 2 dias
8.367
Por: Gilberto Martins Fonte: tvsabugi
Mulher de Igaracy faz apelo a Polícia para não ser mais espancada pelo ex-companheiro

Uma mulher moradora da cidade de Igaracy, na região do Vale do Piancó, Sertão paraibano, divulgou um vídeo em grupos de Whatsapp implorando ajuda da Polícia Militar para escapar das agressões do ex-companheiro que não aceita o fim do relacionamento e ainda ameaça estuprar a filha dela de 14 anos.

No vídeo ela aparece com seu rosto machucado, com hematomas e inchaço, fazendo um apelo desesperado à polícia para ajudar a ela e aos seus filhos.

A mulher afirma que vive sendo agredida pelo ex-companheiro e que ele já tentou matar ela e o filho. Além disso, ela acusa o suspeito de também assediar sua filha de 14 anos. No vídeo é possível ouvir o choro de um bebê. A mulher não diz se seus filhos são também filhos do acusado de agressão.

“Eu não aguento mais essa situação. Eu peço ajuda à Polícia Militar. Eu estou aqui cheia de sangue, toda machucada. Pelo amor de Deus, a polícia me ajude. Eu não tenho família, eu não tenho ninguém. Minha filha chorando. Ele tentou me matar, já tentou matar meu filho”, diz a mulher.

Na noite desta sexta-feira (13), a mulher prestou queixa na Delegacia de Itaporanga, cidade vizinha a Igaracy. Após a denúncia, a Justiça deverá conceder uma medida protetiva à vítima enquanto a polícia investiga o suspeito.