Sexta, 28 de Janeiro de 2022 15:41
Dólar comercial R$ 5,4 -0.253%
Euro R$ 6,02 -0.172%
Peso Argentino R$ 0,05 -0.255%
Bitcoin R$ 211.044,38 +3.176%
Bovespa 111.640,19 pontos -0.86%
Economia sedap

Palma Forrageira, alevinos e queijos artesanais são destaques no desenvolvimento da Paraíba

Palma Forrageira, alevinos e queijos artesanais são destaques no desenvolvimento da Paraíba

30/12/2021 17h38
14.456
Por: Gilberto Martins Fonte: tvsabugi
Palma Forrageira, alevinos e queijos artesanais são destaques no desenvolvimento da Paraíba

Após um ano de muito trabalho e sucesso na agricultura de várias regiões, o secretário de Estado do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca, Efraim Morais, se diz otimista com as pautas a serem trabalhadas já no início de 2022, dando continuidade nas ações exitosas de 2021, como o projeto de revitalização e tecnificação da cultura da Palma Forrageira, o povoamento de alevinos e a regulamentação da lei sobre a produção e comercialização de queijos artesanais.

Palma Forrageira

É uma importante base alimentar para os rebanhos. Por ser uma planta com características resistentes à seca, com alta palatabilidade, ou seja, muito saborosa, e que é utilizada na produção de biomassa, é extremamente valiosa para a região.

Para 2022, a meta é instalar 338 campos de multiplicação da palma irrigada, mediante a implantação de unidades modulares de irrigação localizada do tipo gotejo (1,0 ha/unidade) com energia fotovoltaica.

Para o secretário Efraim Morais, é uma grande conquista para os municípios. "A palma forrageira faz a diferença na alimentação dos nossos rebanhos que, consequentemente, ajuda todas as famílias que trabalham com isso. É um investimento que vai trazer benefícios a curto, médio e longo prazo, além de gerar sustentabilidade", comenta.

Alevinos

Com relação à distribuição de alevinos, a expectativa é que seja feito um povoamento de cinco milhões dessa espécie nos mananciais da Paraíba.

“O peixamento irá beneficiar principalmente os pequenos produtores, servindo de alimento e geração de renda para o homem do campo. É nosso dever assegurar segurança alimentar para os mais humildes, que sobrevivem e trabalham através da pesca.”, reforça o secretário.

Palma forrageira garante alimento para rebanho pernambucano - IPASucesso na soltura dos alevinos nos açudes requer cuidados

*Queijos artesanais*

O governo do Estado regulamenta a Lei e a comercialização de queijos artesanais na Paraíba, que indica como competência das entidades de defesa sanitária e de assistência técnica e extensão rural orientar o queijeiro artesanal na implantação dos programas de boas práticas agropecuárias de produção leiteira e de fabricação do queijo artesanal.

Para o pequeno produtor a lei trará garantia e a chance de poder competir de igual para igual com os demais produtos. “O que nós queremos é que a produção seja regulamentada, para que o trabalhador tenha seu produto reconhecido e o consumidor tenha segurança na hora de adquirir. Com isso, vamos fortalecer o setor, formalizando esta produção tão importante”, pontua Efraim.

Finalizando as atividades em entrevista ao canal AgroNoite, da Band, o secretário Efraim Morais vem reforçando que em 2021 a Paraíba teve um saldo bastante produtivo, levando em consideração as dificuldades encontradas durante o período de pandemia e que o ano que vem promete alavancar ainda mais o desenvolvimento do Estado.

Fonte: PVN