Sexta, 28 de Janeiro de 2022 16:51
Brasil Onça

Onça Parda foge de recinto no Zoológico de Brasília e visitantes são retirados às pressas

Onça Parda foge de recinto no Zoológico de Brasília e visitantes são retirados às pressas

08/01/2022 23h10
10.035
Por: Gilberto Martins Fonte: tvsabugi
Onça Parda foge de recinto no Zoológico de Brasília e visitantes são retirados às pressas

Uma onça, chamada Loki, fugiu do recinto onde era mantida, no Zoológico de Brasília, na manhã deste sábado (8). Os funcionários do espaço, em conjunto com a Polícia Militar Ambiental, fizeram uma operação para capturar o animal, que foi resgatado por volta das 15h.

Segundo a administração do Zoo, a suçuarana, também chamada de puma ou onça-parda, ficou o tempo todo na área interna. Porém, 19 visitantes que estavam no local foram retirados às pressas. O espaço permanece fechado neste sábado e reabre no domingo (9).

A reportagem apurou que, por volta das 9h, uma visitante avistou o animal solto e avisou aos funcionários, que iniciaram as tentativas de resgate da onça. Biólogos usaram dardos com injeções de anestésicos para conter a suçuarana e capturá-la em segurança.

Em uma postagem nas redes sociais, o Zoológico de Brasília informou que o animal foi colocado em observação. "Graças ao esforço coletivo dos vigilantes, brigadistas, biólogos, veterinários, zootecnistas, policias e, principalmente, cuidadores de animais, a captura ocorreu com sucesso sem nenhuma intercorrência", diz o texto.

Onça-parda

A onça, de 4 anos, chegou ao Zoo de Brasília em 2018 e, por ter sido criada sob cuidados humanos, segundo a administração do espaço, é um animal manso.

"A diretoria irá investigar para saber o que causou a fuga do animal e tomará as medidas necessárias cabíveis."

Jardim Zoológico de Brasília — Foto: Lúcio Bernardo Jr / Agência Brasília

Onças-pardas são o segundo maior felino do país – atrás apenas da onça-pintada. O animal adulto pode alcançar até 1,20 metro e pesar mais de 70 kg.

Esses felinos caçam a qualquer hora do dia com certa tendência ao horário de crepúsculo, segundo especialistas. Embora seja uma espécie terrestre, possui muita habilidade para subir em árvores e é muito ágil.

Pesquisas comprovaram que a espécie é o predador mais eficiente e mais flexível entre os felinos, e consegue alimento em 75% das vezes que parte para o ataque.

Fonte: Agência Brasil