Terça, 07 de Dezembro de 2021 18:25
Esportes Futebol

Flu ganha de virada e quebra sequência de vitórias do Palmeiras

Flu ganha de virada e quebra sequência de vitórias do Palmeiras

15/11/2021 00h56
22.685
Por: Gilberto Martins Fonte: tvsabugi
Flu ganha de virada e quebra sequência de vitórias do Palmeiras

O Fluminense parou a sequência positiva do Palmeiras. Com muitos erros de passe e dificuldades na saída de bola no segundo tempo, a equipe paulista foi derrotada por 2 a 1, de virada, neste domingo (14), no Maracanã. Isso aconteceu graças ao volante Yago Felipe, autor dos dois gols.

O alviverde chegou ao Rio de Janeiro com série de resultados positivos contra Ceará, Sport, Grêmio, Santos e Atlético-GO. O revés fez o Palmeiras cair para o terceiro lugar na tabela do Campeonato Brasileiro, com 58 pontos, a dez do líder Atlético-MG e com um jogo a mais.

O Fluminense subiu para a 8ª colocação, com 45 pontos, e está a quatro da zona de classificação para a Libertadores.
O Fluminense parecia viver uma ressaca prolongada da vitória contra o Flamengo, em 23 de outubro.

Desde então, a equipe acumulou atuações ruins e derrotas. Antes da partida contra o Palmeiras, obteve apenas um resultado positivo em quatro rodadas. Venceu o Sport, mas perdeu para Santos, Ceará e Grêmio.

O Palmeiras foi mais consciente em campo durante todo o primeiro tempo e poderia ter marcado com finalizações de Raphael Veiga e Rony. Isso não aconteceu por causa de grandes defesas de Marcos Felipe.

O goleiro só não conseguiu salvar o chute de Dudu aos 27. O atacante palmeirense acertou um chute no ângulo direito em rebote de escanteio e marcou um golaço.

A situação mudou e pegou fogo no segundo tempo por causa de Yago Felipe. Ele empatou o jogo aos 27 segundos em um chute que desviou nas costas de Luan e enganou Weverton.

Mas pouco depois impediu a virada do Fluminense. O árbitro Caio Max Augusto Vieira havia marcado pênalti sobre Lucca. Mas chamado pelo VAR, anulou a marcação devido a falta de Yago sobre Zé Rafael no início da jogada.

O Fluminense cresceu em campo, especialmente porque conseguia aproveitar a saída de jogo displicente do Palmeiras após o intervalo. Ao perceber isso, os donos da casa forçaram a marcação e passaram a recuperar mais bolas. Lucca perdeu grande oportunidade para virar o placar.

Ao forçar cada vez mais o jogo ofensivo, os cariocas deram espaço para o contra-ataque. Três vezes, o Palmeiras partiu com 4 jogadores contras três rivais, mas não conseguiu aproveitar.

Outra atração à parte da partida foi o reencontro de Gustavo Scarpa com a torcida do Fluminense. Formado pelo clube, ele atuou nas Laranjeiras entre 2014 e 2017, mas a saída não foi amigável.

Scarpa chegou a entrar na Justiça ao pedir sua liberação. Cada vez que pegava na bola, era vaiado e xingado. Quando o Palmeiras fez o gol, o meia encarou a torcida tricolor.

Scarpa não estava mais em campo (havia sido substituído) e viu do banco de reservas quando, aos 42, Yago Felipe acertou arremate no canto direito de Weverton para definir a vitória do time carioca.

Na próxima rodada, o Palmeiras faz o clássico com o São Paulo na quarta-feira (17), no Allianz Parque. Não terá Dudu (expulso nos minutos finais) e Felipe Melo, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

No mesmo dia, o Fluminense visita o Juventude. Não terá Fred, que recebeu cartão vermelho após o apito final.

Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Jean Marcio dos Santos (RN) e Lorival Candido das Flores (RN)
Cartões amarelos: Fred (FLU), Yago Felipe (FLU) e Gabriel Teixeira (FLU); Victor Luis (PAL), Dudu (PAL), Felipe Melo (PAL), Luan (PAL), Weverton (PAL) e Luan (PAL)
Cartões vermelhos: Fred (FLU); Dudu (PAL)
Gols: Dudu (PAL), aos 27min do 1º tempo; Yago Felipe (FLU), ao 1º minuto e aos 42min do 2º tempo

FLUMINENSE
Marcos Felipe, Samuel Xavier, David Braz, Luccas Claro e Marlon; Wellington (Nonato), Martinelli (Cazares), Yago; Arias (Lucca), Caio Paulista (Gabriel Teixeira) e Fred (John Kennedy). T.: Marcão

PALMEIRAS
Weverton; Mayke (Gabriel Menino), Luan, Kuscevic e Victor Luis; Felipe Melo (Danilo Barbosa), Zé Rafael (Danilo), Gustavo Scarpa (Gabriel Veron) e Raphael Veiga (Breno Lopes); Dudu e Rony. T.: Abel Ferreira

FolhaPRESS