Terça, 07 de Dezembro de 2021 19:38
Brasil Calote

Frei Anastácio diz que PEC do Calote é aprovada com compra milionária de votos e reserva R$ 31 bi para Bolsonaro gastar

Frei Anastácio diz que PEC do Calote é aprovada com compra milionária de votos e reserva R$ 31 bi para Bolsonaro gastar

10/11/2021 20h43
27.910
Por: Gilberto Martins Fonte: tvsabugi
Frei Anastácio diz que PEC do Calote é aprovada com compra milionária de votos e reserva R$ 31 bi para Bolsonaro gastar

O deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) fez pronunciamento na Câmara, na manhã desta quarta-feira (10), repudiando a compra de votos, por parte do Governo Bolsonaro, através de emendas milionárias, para poder aprovar a PEC do Calote. “A aprovação dessa PEC saiu muito cara para o país. Além de comprar votos, Bolsonaro se capitaliza para a campanha do próximo ano”, disse o deputado.

O parlamentar destacou que o povo precisa saber que “muitos parlamentares receberam rios de dinheiro para votar a favor da PEC do calote. Dinheiro do povo que será usado na campanha eleitoral do próximo ano. É assim que Bolsonaro age para aprovar matérias de interesse dele”, disse o deputado.

Frei Anastácio também criticou o Poder Legislativo diante de tudo que aconteceu. “Esse poder deixa muito a desejar. E ainda tentam dizer que a oposição votou contra porque não gosta de pobres. Ora, quem não gosta de pobres são eles. Desse dinheiro da PEC do Calote, Bolsonaro ficará com mais de R$ 31 bilhões para gastar com seus interesses políticos. Isso sem falar nos milhões que ele já garantiu para muitos que votaram a favor da PEC. Até a grande mídia já divulgou que foram R$ 15 milhões para cada voto a favor. Isso é vergonhoso”, disse.

Dinheiro para campanha eleitoral

O parlamentar disse ainda que parte desse dinheiro da PEC do Calote será usada para um programa eleitoreiro de Bolsonaro, que tem data definida para terminar. Ele informa que o programa terminará no final de 2022, ano eleitoral, quando Bolsonaro tentará a reeleição.

 “Bolsonaro destruiu o Bolsa Família e o auxílio emergencial. Com parte do dinheiro da PEC, ele anunciou que beneficiará 17 milhões de pessoas. Como o auxílio emergencial beneficiava 39 milhões de pessoas, 22 milhões de brasileiros ficarão desamparados. É assim que esse governo atua, sempre com mentiras e na base da compra de votos”, disse.

Ascom